sexta-feira, 30 de agosto de 2013

MAIS MÉDICOS NO CEARÁ

 

MANUAL DE ANATOMIA CEARENSE
PARA MÉDICOS CUBANOS
Arievaldo Viana e Pedro Paulo Paulino
 
Trechos:

Vem gente de todo canto
No Brasil fazer de tudo.
Uns vêm para passear,
Outros, pra fazer estudo,
Uns atrás de namorada,
Outros pra não fazer nada,
É bastante o conteúdo. 

De toda parte vem gente
Para este chão soberano.
Em vista disso, é brutal,
Desonroso e desumano,
Esses protestos grosseiros
Feitos pelos brasileiros
Contra os médicos cubanos.
 
Setecentos municípios
Desta nação brasileira
Não têm um médico sequer,
Muitos nem têm enfermeira.
Sem ter pra quem apelar
Muitos vão se consultar
Com raizeiro ou parteira. 

As premissas de Hipócrates
Para muitos são lorotas.
Tem médico que se recusa
Passar por dentro de grotas,
E diz: - Não vou trabalhar
Naquele horrendo lugar
Que Judas perdeu as botas! 

Pois já que os daqui desprezam
A nossa população,
Sem atender todo o mundo,
Como manda a profissão,
Foi necessário importar
Médicos de outro lugar,
E eu pergunto: “Por que não?!” 

Assim, vamos ajudar
Da maneira mais decente,
Informando aos novos médicos
Como aqui se fala a gente
Acerca de anatomia,
Conforme este nosso guia
Que segue daqui pra frente. 

O crânio se chama quengo,
É onde fica a moleira,
O pau da venta e os beiços,
Caixa dos “zói”, ou viseira.
Tudo em riba do pescoço
Que pode ser fino ou grosso
Em cima da “Cantareira”. 

A íris, bila dos zói,
A coluna é espinhela,
Tem o osso do vintém
Bem no final da canela;
O rádio é cana do braço,
Cervical é espinhaço
E abdômen, titela.
 
Injusto protesto contra os médicos cubanos no Ceará

(...)

Atenção, doutor cubano,
É preciso que lhe diga:
Se o paciente queixar-se
De dor no pé da barriga,
Não tem o menor segredo
Pode receitar sem medo,
Remédio contra lombriga.
 
As doenças por aqui
No Ceará, nosso Estado,
Têm nomes peculiares:
Um “catarro amalinado”
É que chamam de virose
E tem a tal de “trombose”
Que deixa “desmastreado”. 

Tem cobreiro, tem curuba,
Tem pereba, tem coceira.
Uma micose entre os dedos
A gente chama é frieira.
O paciente, coitado,
Diz que tá “todo enchanhado”
Com tosse, lepra e “gafeira”.
 
Uma doença venérea
Chamam “doença do mundo”.
E toda a região glútea
A gente chama é de ‘fundo’.
A genitália é “as parte”,
Se o cabra “fizer um arte”
Sente um desgosto profundo.
 
Às vezes chega um velha
Doente da “espinhela”,
Se queixando de “puxado”
E forte dor na titela,
Se não for tuberculose,
Na certa é uma virose
Com inflamação na “guela”.
 
(...)

EM BREVE, O FOLHETO COM O TEXTO INTEGRAL (32 estrofes) será publicado pela Editora Coqueiro, de Recife-PE. AGUARDEM!!!

 
 

6 comentários:

  1. Poeta, preciso lhe mandar uma publicação. Por qual email devo fazer isto? O meu é ajlmorais@gmail.com. Abraços.

    ResponderExcluir
  2. Olá Alexandre,
    Você pode enviar através deste e-mail:
    acordacordel@ig.com.br

    Abs

    ARIEVALDO

    ResponderExcluir
  3. PARABÉNS! aos poeta Arievaldo Viana e Pedro Paulino pelos versos: MANUAL DE ANATOMIA CEARENSE PARA MÉDICOS CUBANOS, Arievaldo Viana e Pedro Paulo Paulino. Aguardamos o folheto publicado pela Coqueiro.
    abraços,
    rosário pinto

    ResponderExcluir
  4. Caro senhor poeta, tenho cá para mim, que sua rica lição de anatomia, não instrui apenas os estrangeiros por aqui desembarcados. Ao contrário, tem muito brasileiro que sequer tem ideia das muitas 'falas' deste país. Outros, não estão interessados em entender o que o povo diz e como diz, já que esses sentem-se diferenciados. Há pouco tempo, um grupo deles puderam ser identificados pelo som da vaia que emitiram. Talvez a cena que assistimos fazia parte de um aula prática de como ser corporativista e mal educado. Garanto que povo nenhum merece um profissional que se comporte com tamanha incivilidade.

    ResponderExcluir
  5. Obrigado Rosário Pinto e Agda A. Delía pelos comentários. Continuem visitando nosso blog.

    ResponderExcluir
  6. agora que descubriram a importancia dos cordeis a mundo afora é assim mesmo,hoje é uma literatura elitizada por saberes que essa cultura é peculiar dos nordestinos e se espalhou pelo mundo,parabens que vcs perceveraram.

    ResponderExcluir